quarta-feira, 18 de julho de 2007

Que país é esse?

Estou triste e envergonhada, como acredito que grande parte da população esteja hoje com o acidente do vôo 3064 da Tam, que matou cerca de 200 cidadãos. Cidadãos que votam; que pagam impostos e mesmo assim precisam pagar escola, plano de saúde, previdência privada; que têm família, filhos e amigos que neste momento devem estar chorando a sua falta. Ainda não se sabe o motivo principal para a queda da aeronave. O que todos nós sabemos é que há muito Congonhas vem trazendo insegurança à população, por se localizar em uma área central de São Paulo. Que a pista principal do aeroporto é considerada pequena. Que, apesar das reformas implementadas pela Infraero em função dos problemas de drenagem, a pista não tem ranhuras e continua escorregadia em dias de chuva. Que na segunda-feira, dia 16 de julho, um avião da empresa Pantanal perdeu o controle na aterrissagem. E que milhares de pessoas – ou melhor, vidas – transitam diariamente por este que é o aeroporto mais movimentado da América do Sul. Porém, hoje já vi notícias de autoridades supondo que a culpa seja do piloto, que infelizmente não tem mais o direito de se defender.

A crise aérea brasileira chegou ao seu limite. E dessa vez não será mais possível “relaxar e gozar”, como propôs a ministra do turismo, Marta Suplicy. Aliás, essa possibilidade nunca existiu. Estamos vivendo uma era em que a negligência, a imprudência e o pouco caso com as nossas vidas permitem que engenheiros construam prédios com estrutura de areia (lembram do Sérgio Naya e o seu Palace 2?) e estações de metrô que caem feito peças de dominó. Enquanto em outros lugares do mundo, o povo sofre com terremotos, tsunamis e ondas de calor, no país do “levar vantagem”, assistimos incrédulos a uma seqüência de tragédias que não vêm da natureza e, portanto, poderiam ser evitadas.

Como todos nós sabemos, a culpa nem sempre é do mordomo. À lista de vítimas do acidente com o avião da Tam, acrescento o meu nome e o de todos nós brasileiros, que padecemos diariamente pela incompetência das nossas autoridades em gerir esse país abençoado por Deus e bonito por natureza.

3 comentários:

Lila Rizzon disse...

Amiga
Você traduziu em palavras o que está doendo em meu coração desde terça-feira. Ainda estou estarrecida e assustada com tudo isso. Amiga, gostei tanto do texto que reproduzi no meu blog - espero que vc não se importe.
Beijo grande,
Lila

disse...

Lila!
Há pouco vi a foto de uma das vítimas do acidente, dono de uma empresa que era minha fornecedora, quando eu trabalhava em uma agência. Creio que será assim nos próximos dias, cada um de nós descobrindo conexões com as pessoas envolvidas na tragédia. Só espero que providências urgentes sejam tomadas pra que não precisemos passar por isso de novo.
Claro q pode postar no blog!
BEIJOS!

somebody disse...

酒店經紀人,菲梵酒店經紀,酒店經紀,禮服酒店上班,酒店小姐,便服酒店經紀,酒店打工,酒店寒假打工,酒店經紀,酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工經紀,制服酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工,酒店經紀,制服酒店經紀,酒店經紀