sexta-feira, 27 de julho de 2007

O melhor baú

Nas últimas semanas, conversei e encontrei com amigos e colegas do 1º e do 2º graus. Depois de mais de 20 anos, é claro que as pessoas mudaram. Aliás, nem o primeiro e o segundo graus têm mais esse nome! Mas a memória continua viva. O engraçado é ver que cada um tem uma história pra contar, um detalhe diferente, um outro ponto de vista sobre o mesmo fato. Apesar de todo mundo ter passado por bons e maus momentos – como toda criança e adolescente – é ótimo perceber que guardamos o melhor baú, o das melhores recordações. E até o que foi trágico, há duas décadas, pode ter virado motivo de boas gargalhadas!