terça-feira, 26 de junho de 2007

Gravuras pra apreciar de lupa

Ainda há bastante tempo, mas convém não deixar pra última hora. Um pedacinho da Espanha está exposto no Margs, ou uma fatia considerável, dependendo do ponto de vista. A exposição Goya – As gravuras da coleção Caixanova – é imperdível. Pegue uma lupa na entrada do salão principal e vá descobrindo os detalhes gravados por esse espanhol ilustre, que produziu sem descanso mesmo parcialmente cego e totalmente surdo. Crítica aos políticos e às barbaridades da guerra, dramaticidade e fartas doses de ironia estão nas quatro coleções expostas no Margs: Os provérbios ou Disparates, Os Caprichos, Os Desastres da Guerra e A Tauromaquia. Eu diria que Goya retrata “a vida como ela é”, ou era, naquele final de século XVIII e início de século XIX. A mostra foi prorrogada até o dia 5 de agosto e não dá pra perder. Se sobrar um tempinho, quero passar de novo lá!