quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Igualzinho ao Brasil

"O povo precisa de um líder em quem possa confiar e apoiar”.

“Encontro-me incapaz de manter minhas promessas. Tornei-me
um obstáculo à concretização dessas promessas”.

Estas frases são de Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão que renunciou ontem ao cargo. Seu governo foi marcado por uma série de escândalos financeiros envolvendo ministros. Más línguas disseram que o primeiro-ministro teria sonegado impostos.

Corrupção há em todos os lugares do mundo. Mas em alguns o uso de jimo cupim facial é mais difundido.

3 comentários:

Mt. disse...

E detalhe, Ro: não foi comprovado que ele sonegou impostos! Mas a acusação em si já é por demais humilhante à honra do espírito samurai.
Se aqui, com todas as falcatruas comprovadas e documentadas, os caras NÃO saem, imagine se fossem apenas suspeitas???

Esse páis é o verdadeiro carcará!
:(

disse...

"Não acho que haja impunidade" foram as palavras do nosso presidente sobre o caso Renan Calheiros. Será que ele diria as mesmas palavras se estivesse na oposição?

Ah, se fosse no Japão...

somebody disse...

酒店經紀人,菲梵酒店經紀,酒店經紀,禮服酒店上班,酒店小姐,便服酒店經紀,酒店打工,酒店寒假打工,酒店經紀,酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工經紀,制服酒店經紀,專業酒店經紀,合法酒店經紀,酒店暑假打工,酒店兼職,便服酒店工作,酒店打工,酒店經紀,制服酒店經紀,酒店經紀