quinta-feira, 29 de março de 2007

Brasileiro tipo exportação

Amanhã, 30 de março, “300” chega aos cinemas brasileiros, trazendo a adaptação cinematográfica da série de histórias em quadrinhos “Os 300 de Esparta”, criada por Frank Miller. Rodrigo Santoro vive o imperador persa Xerxes, papel chave desse filme americano. Não por coincidência, nesta semana o ator protagonizou o 14º episódio da terceira temporada de Lost. Sobram elogios a Santoro, não só por sua beleza como por seu talento, e principalmente por não ter se resignado a ser mais um rosto bonito na nossa telinha. O “Tudo-de-bom” começou com novelas, viveu papéis românticos e memoráveis como o travesti, em “Carandiru”, e o jovem preso em manicômio, em “Bicho de Sete Cabeças”. Depois disso, vieram muitos outros desafios, no teatro, na TV e em especial no cinema. Sem falar que o ator não dá trela pra fofocas e continua focado na carreira. Tudo bem que ser indicado para o ranking dos homens mais sensuais do planeta (Revista People, 2006) e ficar à frente de Brad Pitt deve ter ajudado! Mas o cara rala mesmo. Além de investir constantemente na melhoria do inglês e do desempenho como ator, ele teve de emagrecer 11 quilos pra trabalhar em “Hoje é Dia de Maria” e engordar de novo pra viver o Rei Xerxes. Ufa, cansei só de pensar! Enfim, amanhã estréia o filme e eu irei conferir. E você?